Boletim JR 24H Mesmo com proibição de operações pelo STF, polícia do RJ matou 766 pessoas em comunidades durante a pandemia

Mesmo com proibição de operações pelo STF, polícia do RJ matou 766 pessoas em comunidades durante a pandemia

Levantamento do Instituto Fogo Cruzado aponta que 766 pessoas foram mortas em ações da polícia desde junho de 2020

Mais de 700 pessoas foram mortas em confrontos nas comunidades do Rio de Janeiro durante a pandemia. Em outubro deste ano foram registrados 125 tiroteios em comunidades da cidade, que deixaram 37 mortos.

Veja também nesta edição do Boletim JR 24 Horas: O número de vítimas que morreram durante um incêndio em uma mina de carvão da Sibéria, na Rússia, subiu para 52.

Últimas