Boletim JR 24H Ministério Público do Rio Grande do Sul deve pedir a prisão de quatro réus do incêndio da boate Kiss

Ministério Público do Rio Grande do Sul deve pedir a prisão de quatro réus do incêndio da boate Kiss

A tragédia aconteceu em janeiro de 2013 e deixou 242 pessoas mortas, além de 236 feridos

O Ministério Público do Rio Grande do Sul deve pedir a prisão de quatro pessoas acusadas de homicídio no caso do incêndio da boate Kiss. A tragédia aconteceu em janeiro de 2013 e deixou 242 pessoas mortas, além de 236 feridos. Os promotores ainda anexaram uma reconstituição do ambiente no dia do incêndio para uso como prova.

Veja ainda nesta edição do Boletim JR 24H: Polícia apreende caderno com anotações das finanças da maior milícia do RJ. 

Últimas