Pandemia reduz drasticamente o número de transplantes no Brasil

A pandemia provocou queda no número de transplantes de órgãos, em todo o pais. As regiões Norte e Nordeste foram as mais atingidas. A maior redução foi no transplante de córneas: queda de 44%. Também houve redução nos transplantes de outros órgãos como pâncreas, coração e pulmão. De acordo com a Associação Brasileira de Transplantes, o medo de contaminação também fez cair também o transplante de rins entre doadores vivos.