Pfizer pede aos EUA liberação emergencial de vacina contra o coronavírus

Se tudo correr bem, a expectativa é que o FDA, que é a agência que regula os medicamentos nos Estados Unidos possa fazer a liberação da vacina já em dezembro. A Pfizer divulgou que a vacina foi 95% eficaz na fase três de testes.