Boletim JR 24H Polícia Federal investiga irregularidades em contratos com gráfica do Enem

Polícia Federal investiga irregularidades em contratos com gráfica do Enem

Operação investiga suposto superfaturamento em impressões das provas durante oito anos

A Polícia Federal deflagrou uma operação para investigar possíveis irregularidades em contratos do Inep com a gráfica que imprimiu as provas do Enem durante oito anos. O acordo teria sido fechado sem licitação e o superfaturamento acontecido entre 2010 e 2018. Ao todo, foram pagos R$ 800 milhões à gráfica, mas a Controladoria-Geral da União acredita que cerca de R$ 130 milhões foram superfaturados.

Veja também nesta edição exclusiva do Boletim JR 24H: Desabamento de prédio mata um bebê e um homem em Belo Horizonte.

Últimas