Boletim JR 24H Presidente do Haiti é assassinado a tiros na residência oficial do governo em Porto Príncipe

Presidente do Haiti é assassinado a tiros na residência oficial do governo em Porto Príncipe

Segundo comunicado do governo, os criminosos que atacaram a residência conversavam em inglês e espanhol

O presidente do Haiti, Jovenel Moïse, foi assassinado a tiros na residência oficial do governo em Porto Príncipe. Um grupo de homens armados invadiu a casa durante a madrugada e fez vários disparos. A primeira-dama, Martine Moïse, foi baleada e chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Moïse tinha 53 anos e estava no poder desde 2017. Ele governava o país por decreto, desde que dissolveu o parlamento há mais de um ano. A oposição o acusava de tentar se perpetuar no poder. Nesta edição do Boletim JR 24 Horas, veja também: Comércio brasileiro tem dois meses seguidos de alta e recupera vendas de antes da pandemia.

Últimas