JR Mundo JR Mundo: José Miguel Vivanco comenta as graves violações aos direitos humanos em Cuba

JR Mundo: José Miguel Vivanco comenta as graves violações aos direitos humanos em Cuba

O diretor para as Américas da Human Rights Watch analisa as origens dos protestos frente ao cenário atual do país

A crise econômica, os efeitos da pandemia e a falta de liberdade levaram milhares de cubanos a protestar em todo o país. As manifestações foram duramente combatidas pelo governo com violência, provocando a morte de um civil e a prisão de cerca de 500 pessoas. O JR Mundo desta semana conversa com José Miguel Vivanco, diretor para as América da Human Rights Watch, que comenta as graves violações aos direitos humanos e analisa o cenário atual do país.

Últimas