JR na TV Absolvição de assassino antissemita revolta comunidade judaica na França

Absolvição de assassino antissemita revolta comunidade judaica na França

Tribunal concordou que ele não poderia ser responsabilizado criminalmente pela ação, já que estava sob o efeito de drogas

Há quatro anos, Kobili Traoré, um jovem muçulmano do Mali, espancou e matou a médica judia Sarah Halimi, em Paris. Ele jogou a vizinha, de 65 anos, pela janela do apartamento dela. O criminoso nunca irá para a prisão e nem mesmo será julgado, apesar de confessar o crime. O tribunal concordou que ele não poderia ser responsabilizado criminalmente pela ação, já que estava sob o efeito de drogas. A decisão causou indignação na comunidade judaica francesa.

Últimas