JR na TV Advogada detida por racismo e homofobia em padaria tem extensa ficha criminal

Advogada detida por racismo e homofobia em padaria tem extensa ficha criminal

A mulher que se diz advogada e chocou o país ao humilhar funcionários de uma padaria e ofender gays e negros já foi indiciada em outros quatro episódios pela polícia de São Paulo. Nossa reportagem ouviu o dono de um bar que foi agredido com um tamanco arremessado pela mulher. Lidiane Brandão Biezok, que cumpre prisão domiciliar, se defende alegando sofrer transtornos mentais.

Últimas