JR na TV África do Sul suspende aplicação da vacina de Oxford por baixa eficácia contra variante

África do Sul suspende aplicação da vacina de Oxford por baixa eficácia contra variante

África do Sul suspendeu vacinação com o imunizante produzido pela Universidade de Oxford depois que estudo indicou baixa eficácia contra nova cepa do coronavírus

A farmacêutica AstraZeneca, responsável pela vacina de Oxford e que no Brasil é responsabilidade da Fiocruz, comentou, nesta segunda-feira (8), a notícia da pesquisa que indica baixa eficácia contra a mutação do coronavírus encontrada pela primeira vez na África do Sul. A empresa avalia que o estudo feito na África é pequeno e está em fase inicial e promete desenvolver uma versão do produto que combata a variante. No domingo (7), o Ministério da Saúde sul-africano suspendeu a aplicação da vacina. A notícia da suspensão foi recebida com surpresa, já que a África do Sul recebeu mais de um milhão de doses da vacina, que seriam destinadas aos profissionais de saúde.

Últimas