Amazonas sofre com a falta de profissionais da saúde e de equipamentos em meio à pandemia

Após vários protestos, os profissionais da saúde ganharam esta semana um segundo posto exclusivo de testagem rápida. Só no primeiro dia do serviço, 92 testaram positivo para a Covid-19. Mais de 500 profissionais foram infectados, entre médicos, enfermeiros e técnicos. A secretária de Saúde do estado também aparece na lista. Quase metade está internada ou em isolamento domiciliar. Um desfalque importante, justamente na pior crise do SUS no Amazonas.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.