JR na TV Anvisa libera, com restrições, a importação das vacinas Covaxin e Sputnik

Anvisa libera, com restrições, a importação das vacinas Covaxin e Sputnik

Decisão foi tomada por 4 votos a 1 e permite apenas o uso emergencial das vacinas da Rússia e da Índia

A decisão da Anvisa foi tomada por 4 votos a 1 e permite apenas o uso emergencial das vacinas da Rússia e da Índia. A diretoria da agência deixou claro que a decisão não atesta qualidade, segurança e eficácia das vacinas e que ainda existem pendências técnicas que devem ser resolvidas pelos fabricantes. O Brasil receberá 4 milhões de doses da Covaxin para o Ministério da Saúde aplicar em todo o país, e 928 mil doses da Sputnik para os estados.

Últimas