JR na TV Anvisa pretende contestar prazo de cinco dias para liberação de vacinas

Anvisa pretende contestar prazo de cinco dias para liberação de vacinas

Antônio Barra Torres pretende enviar à Casa Civil argumentos para que o presidente Bolsonaro vete trechos de Medida Provisória

O diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, falou que o órgão pretende contestar o prazo de cinco dias para que novas vacinas sejam liberadas no Brasil. Ele pretende enviar à Casa Civil argumentos técnicos para que o presidente Bolsonaro vete trechos da Medida Provisória aprovada na quinta-feira (8) pelo Senado.

Últimas