Atendente de telemarketing presa há 7 meses pode ser vitima de uma injustiça

Danielle Campos de Oliveira, de 32 anos, cumpre pena de mais de cinco anos por assalto. Ela está há 7 meses na Penitenciária Feminina do Butantã, na zona oeste de São Paulo. O caso, agora, pode ter uma reviravolta. O homem que assumiu a autoria do crime contou que Danielle não teve participação no roubo.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda esta versão que é exclusiva para o digital.