Atletas paralisam NBA em protesto contra racismo da polícia nos EUA

A principal liga de basquete dos Estados Unidos, a NBA, foi interrompida após a decisão de vários jogadores e clubes. Três partidas que estavam previstas para a noite de quinta-feira (27) foram adiadas. O movimento foi iniciado pelo time Milwaukee Bucks, do estado de Wisconsin, local onde Jacob Blake, um homem negro, foi baleado pelas costas numa ação policial.  Para o presidente Donald Trump, a NBA se tornou uma organização política.