JR na TV Augusto Nunes: Fiéis não merecem ser obrigados a esperar que os juízes criem juízo

Augusto Nunes: Fiéis não merecem ser obrigados a esperar que os juízes criem juízo

Texto constitucional garante que a liberdade religiosa é preceito inviolável

Augusto Nunes lembra que a Constituição é clara ao determinar a inviolabilidade da liberdade religiosa e diz que o ministro Nunes Marques apenas obedeceu ao texto constitucional ao liberar celebrações religiosas presenciais com medidas de distanciamento social. "O Supremo Tribunal Federal, portanto, poderia dispensar-se de reservar a sessão desta quarta-feira (7) ao exame de uma questão já decidida pelos constituintes de 1988", opina. Assista ao comentário.

Últimas