JR na TV Augusto Nunes: Governo tem o dever de conseguir dinheiro e gente para o Censo em 2021

Augusto Nunes: Governo tem o dever de conseguir dinheiro e gente para o Censo em 2021

O Censo de 2020 foi adiado por causa da pandemia e pode ser empurrado apenas para 2022, o que critica o jornalista

Augusto Nunes usa o exemplo da cidade paulista de Bady Bassit, onde a vacinação foi interrompida devido à falta de informações sobre a população local, para mostrar a importância do recenseamento. O Censo de 2020 foi adiado por causa da pandemia e pode ser empurrado apenas para 2022, o que critica o jornalista. "Precisamos saber ao menos quantos somos, onde estamos e em que condições vivemos", finaliza. Assista ao comentário.

Últimas