Augusto Nunes: imprensa não pode esquecer que foi o STF quem decidiu como o Brasil combateria o coronavírus

O jornalista Augusto Nunes relembra a decisão do Supremo de atribuir a governadores e prefeitos o poder de definir as ações de combate ao coronavírus. Ele diz que há 'cinismo' dos ministros do STF que agora culpam o presidente Jair Bolsonaro pela marca de 100 mil mortos. Assista ao comentário.