JR na TV Autoridades brasileiras repercutem a morte de João Alberto nas redes sociais

Autoridades brasileiras repercutem a morte de João Alberto nas redes sociais

A morte de João Alberto Freitas, de 40 anos, depois de ser espancado em um supermercado do Rio Grande do Sul, gerou repercussão pelas redes sociais de autoridades brasileiras. Os presidentes do Senado e Câmara dos Deputados, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia, respectivamente, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, e o presidente do STF, Luiz Fux, se posicionaram e repudiaram a ação racista.

Últimas