Bolsonaro sanciona lei que amplia presença do setor privado no saneamento

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira (15) o novo marco do saneamento básico. Com isso, a presença de empresas privadas no setor será ampliada e o governo espera investimentos de até R$ 700 bilhões. A lei prevê que até 2033, 99% da população tenha água tratada e 90% acesso a coleta e tratamento de esgoto. Bolsonaro recebeu também o resultado de mais um teste de coronavírus, que voltou a dar positivo.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.