STF

JR na TV Bolsonaro volta a defender voto impresso para 2022 e critica ministros do Supremo

Bolsonaro volta a defender voto impresso para 2022 e critica ministros do Supremo

Segundo o presidente, ministros do STF estão se articulando contra o voto auditável

O presidente Jair Bolsonaro voltou a pressionar pela aprovação do voto impresso nas eleições do ano que vem. Desta vez, os alvos foram ministros do Supremo Tribunal Federal. A utilização ou não do voto impresso nas eleições do ano que vem é debatida no Congresso Nacional. A proposta está numa comissão especial e por se tratar de uma mudança na constituição, precisa ser aprovada em dois turnos na Câmara e no Senado.

Últimas