JR na TV Brasileiro de origem pobre faz história ao ser aceito no MIT, uma das principais instituições do mundo

Brasileiro de origem pobre faz história ao ser aceito no MIT, uma das principais instituições do mundo

Wellington Vitorino começou como vendedor de picolé, virou empreendedor e agora está numa das instituições de ensino mais respeitadas do planeta

Na infância em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, Wellington Vitorino driblou as dificuldades para fugir das estatísticas da pobreza, desemprego e violência. Desde cedo, dedicou-se aos estudos e o talento apareceu quando passou a vender picolés e se mostrou um empreendedor. Há 5 anos, Wellington criou um instituto que prepara líderes empreendedores como ele. O trabalho já era reconhecido, mas o jovem queria estudar numa das instituições de ensino mais renomadas na área de negócios, o MIT, Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos EUA. Ele foi reprovado na primeira tentativa, mas agora conseguiu e espera que o instituto seja uma porta de entrada do garoto prodígio da periferia do Brasil para o mundo.

Últimas