JR na TV Cármen Lúcia dá prazo de 24 horas para que Abin explique orientação a Flávio Bolsonaro

Cármen Lúcia dá prazo de 24 horas para que Abin explique orientação a Flávio Bolsonaro

A Agência Brasileira de Inteligência e o gabinete de Segurança Institucional terão que explicar a suposta produção de relatórios para ajudar na defesa do senador Flávio Bolsonaro na investigação das operações financeiras suspeitas da Alerj. Cármen Lúcia classificou como grave a suspeita de uso da Abin para a defesa privada do senador.

Últimas