JR na TV Com sequelas após sequestro, vítima ainda não sabe de onde partiu o tiro que a feriu

Com sequelas após sequestro, vítima ainda não sabe de onde partiu o tiro que a feriu

Mulher foi feita refém por assaltantes em fuga que haviam acabado de participar de uma ação ousada no aeroporto de Viracopos

Ana Carolina e a filha foram feitas de reféns por mais de quatro horas por criminosos em fuga que haviam acabado de cometer um assalto no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). Cerca de 30 policiais participaram de uma ação para conseguir libertá-las, até que um atirador de elite disparou contra o criminoso. O sequestro aconteceu em setembro de 2019 e Ana Carolina foi atingida por um tiro. Porém, até hoje, não se sabe o tiro que a alvejou partiu do bandido ou da polícia.

Últimas