Coronavírus: 70% das indústrias do país reduziram a produção, mas a maioria não demitiu funcionários

Segundo a Confederação Nacional da Indústria, a CNI, fabricantes de roupas tiveram a maior queda nas vendas no setor. A procura por calçados e móveis também caiu muito. Com a queda no consumo e o cancelamento de pedidos, o impacto nas fábricas é cada vez maior. Entre as empresas ouvidas no levantamento, 76% reduziram ou pararam totalmente a produção. De cada dez indústrias, 7 tiveram queda no faturamento. E 6 estão com dificuldade de pagar todas as despesas do dia a dia. Até agora, 85% das empresas não fizeram demissões.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.