Coronavírus: MP do Amazonas vai recorrer da decisão que negou a adoção de medidas mais severas

Apesar do aumento expressivo de novos casos de Covid-19 em Manaus, a Justiça entende que ainda não há motivos para o bloqueio mais rígido das atividades para evitar a grande circulação de pessoas. O Ministério Público informou que vai recorrer da decisão.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.