JR na TV Corpo de miliciano deve passar por novos exames para apurar as causas da morte

Corpo de miliciano deve passar por novos exames para apurar as causas da morte

  • JR na TV

O Ministério Público da Bahia pediu à Justiça para que o Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro seja obrigado a manter intacto o corpo de Adriano Magalhães da Nóbrega. A intenção é a de que seja realizada nova perícia. Imagens do corpo do miliciano levantam a suspeita de que ele pode ter sido torturado antes de ser morto. O presidente Jair Bolsonaro voltou a questionar a ação da PM baiana e afirmou que também quer uma perícia independente.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.

Últimas