Criminosos abrem fogo dentro de estúdio de tatuagem na Baixada Fluminense

A polícia do Rio de Janeiro busca identificar os homens que atiraram em dois jovens que estavam em um estúdio de tatuagem na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Imagens mostram a movimentação e o desespero das vítimas no estabelecimento. De acordo com a polícia, criminosos de facções rivais disputam pontos para vendas de drogas e o alvo do ataque seria uma mulher conhecida como “Arlequina”.