Criminosos se passam por moradores para assaltar condomínios em São Paulo

Roubo a condomínios é um crime que cresceu neste período em que há muita gente em casa e um grande entra e sai de pessoas. Na maioria dos crimes que vem ocorrendo na quarentena, os suspeitos fingem ser conhecidos na hora de entrar nos prédios: acenam para os porteiros e conversam com os moradores quando o portão é aberto. Como, geralmente, não há qualquer gesto de intimidação ou violência, ninguém desconfia do comportamento deles.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.