JR na TV Criminosos se passavam por policiais para extorquir comerciantes na baixada fluminense

Criminosos se passavam por policiais para extorquir comerciantes na baixada fluminense

Uma das vítimas chegou a pagar quase R$ 30 mil aos golpistas

A investigação descobriu que os criminosos usavam falsos mandados de prisão e de busca e apreensão. Guilherme de Albuquerque Melo e Luiz Fernando Procópio Junior ameaçavam as vítimas, alegando que elas não teriam cumprido supostas ordens judiciais. Uma delas chegou a pagar quase R$ 30 mil aos golpistas. A polícia do Rio de Janeiro ainda tenta identificar mais suspeitos da quadrilha.

Últimas