Criminosos usam aplicativos para aplicar golpes de dentro da cadeia no Rio Grande do Sul

As ameaças ao empresário eram feitas por um aplicativo de conversas no celular. O grupo tinha acesso a detalhes da rotina do comerciante e dos familiares dele. As ameaças ao empresário começaram há um mês. Ele procurou a polícia, que descobriu que o golpe era executado de dentro de uma penitenciaria gaúcha, por três presos. Um deles seria ex-funcionário da vítima. A investigação mostrou que duas mulheres, companheiras dos criminosos, participavam do esquema. Uma delas foi presa e a outra é considerada foragida.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.