Deputados que votaram a favor da Reforma da Previdência vão ao TSE para não perderem mandatos

Três parlamentares do PSB e quatro do PDT recorreram ao Tribunal Superior Eleitoral para deixar seus partidos sem perder os mandatos. Os sete deputados federais deram votos favoráveis à Reforma da Previdência, contrariando as orientações de suas legendas. Tabata Amaral, do PDT, disse que o partido a puniu sem ouvir e adiantou que pretende procurar uma nova sigla.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.