Desmatamento na Amazônia cresce 34% em um ano e afasta investidores estrangeiros

Nos últimos 12 meses, o desmatamento na Amazônia cresceu 34%. A devastação da floresta é motivo de preocupação do governo federal, pois afasta investidores estrangeiros do país. O ministro da Economia, Paulo Guedes, participava de uma conferência do Aspen Institute, de Chicago, quando reclamou de investidores americanos sobre a Amazônia e o desmatamento da floresta. O vice-presidente Hamilton Mourão, responsável pelo Conselho da Amazônia, repercutiu a fala de Guedes.