Em audiência no STF, Maia diz que meio ambiente não pode ser alvo de disputa política

Começou no Supremo Tribunal Federal, em Brasília, uma audiência pública que discute a situação do meio ambiente no Brasil. Na audiência, o Ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, afirmou que as queimadas na Amazônia e no Pantanal são fenômenos naturais e as críticas são tentativas de derrubar o presidente Bolsonaro. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, criticou o governo e disse que o tema não pode ser alvo de disputa política. Também falaram os ministros Ricardo Salles, Marcos Pontes e Tereza Cristina.