JR na TV Em Israel, estudo indica que vacina da Pfizer não gera efeitos colaterais graves em crianças e adolescentes

Em Israel, estudo indica que vacina da Pfizer não gera efeitos colaterais graves em crianças e adolescentes

600 crianças e adolescentes com idades entre 12 e 16 anos, que foram vacinadas em Israel, estão sendo monitoradas

As 600 crianças com idades entre 12 e 16 anos, que foram vacinadas em Israel, não tiveram efeitos colaterais graves. As doses aplicadas foram da vacina da Pfizer, que é utilizada no país. Os jovens que participaram do ensaio clínico estão sendo monitorados. O ministério da Saúde israelense já recomendou a vacinação de adolescentes com doenças crônicas preexistentes, inclusive nos pulmões.

Últimas