JR na TV Empresas cogitam punições a funcionários que não tomarem a vacina contra o coronavírus

Empresas cogitam punições a funcionários que não tomarem a vacina contra o coronavírus

Por outro lado, algumas oferecem benefícios para o trabalhador que for imunizado

Na tentativa de retomar a rotina, algumas das maiores empresas do mundo começaram a exigir que os funcionários se vacinem contra o coronavírus. Algumas oferecem benefícios para quem se vacina. Da mesma forma, o trabalhador que recusar a imunização pode sofrer sanções. Em São Paulo, um auxiliar de limpeza de um hospital foi demitido por justa causa por se negar a tomar a vacina. E o Tribunal Regional do estado considerou que a medida adotada pela empresa estava dentro da lei.

Últimas