JR na TV Ex-presidente do Banco do Vaticano é condenado a quase 9 anos de prisão

Ex-presidente do Banco do Vaticano é condenado a quase 9 anos de prisão

Angelo Caloia foi acusado de participar de um esquema que fraudava a venda de imóveis da Igreja Católica

O ex-presidente do Banco do Vaticano foi condenado a quase 9 anos de prisão por apropriação indébita e lavagem de dinheiro. Angelo Caloia, de 81 anos, foi acusado de participar de um esquema que fraudava a venda de imóveis da Igreja Católica. Segundo as investigações, 29 propriedades foram vendidas por um preço abaixo do mercado e depois revendidas por valores bem maiores. A diferença nas transações era embolsada por Caloia e seus cúmplices.

Últimas