Ex-secretário de Saúde de Witzel fecha acordo de delação premiada

Edmar Santos, ex-secretário Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, assinou nesta terça-feira (14) um acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República. O documento que sela o acordo só deve ser assinado após a volta do recesso judiciário. As informações de Edmar podem ajudar a polícia a confirmar a participação do governador Wilson Witzel no suposto esquema de corrupção na saúde do estado.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.