JR na TV Falta de ação do Itamaraty em ataques contra a Igreja Universal em Angola é criticada

Falta de ação do Itamaraty em ataques contra a Igreja Universal em Angola é criticada

Durante toda semana, cenas de violência e agressões foram registradas na capital angolana e no interior do país. Templos foram invadidos e os pastores, agredidos e expulsos. O movimento formado por ex-pastores e ex-bispos, afastados da instituição por condutas impróprias e atos considerados criminosos. Enquanto brasileiros são perseguidos em Angola, chama a atenção a falta de ação do Ministério das Relações Exteriores do Brasil. O Itamaraty, que deveria zelar pela segurança de cidadãos brasileiros no exterior até agora nada fez. Especialistas em direito internacional acreditam que se houver vontade política, é possível acionar rapidamente as autoridades angolanas para garantir a segurança e proteção dos templos.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda esta versão que é exclusiva para o digital.

Últimas