Família acusa a PM de executar rapaz que assistia a jogo de futebol no Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, uma família acusa a Polícia Militar de executar um rapaz de 20 anos. Ele assistia uma partida de futebol na quadra de uma comunidade quando foi atingido por quatro tiros nas costas. Testemunhas disseram que policiais invadiram a quadra e usaram bombas de efeito moral. A ação da polícia foi registrada por moradores. A família da vítima pede justiça. O jovem seria pai em dezembro.