JR na TV Família de modelo que morreu em briga com namorado delegado acredita que ela não se matou

Família de modelo que morreu em briga com namorado delegado acredita que ela não se matou

Já são quase 2 semanas de um crime cheio de dúvidas. A polícia, mesmo sem ouvir testemunhas, e ainda aguardando todos os laudos da perícia e do IML, adotou como oficial a versão do colega delegado que disse ter sido vítima de tentava de homicídio praticado pela namorada que se matou depois. O inquérito policial corre sob sigilo, mas entre os investigadores há uma forte suspeita: o tiro que atingiu o peito de Priscila teria sido disparado quando Paulo Bilinskyj tentava desarmá-la durante a briga do casal. Por isso a hipótese de suicídio está perdendo força. A família não acredita na versão de que Priscila se matou.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.

Últimas