JR na TV Família de soldado morto no Farol da Barra, em Salvador, contrata perícia para esclarecer o caso

Família de soldado morto no Farol da Barra, em Salvador, contrata perícia para esclarecer o caso

O laudo será comparado com a perícia oficial, que ainda não foi apresentada

No final de março, Wesley Góes morreu baleado após trocar tiros com outros policiais no Farol da Barra, em Salvador. Na ocasião, Wesley, com sinais de um possível surto psicótico, pintou o rosto, gritou palavras de ordem e fez disparos. Depois de quatro horas de negociação, segundo o Batalhão de Operações Especiais, o soldado atirou contra a tropa, que revidou. Agora, a família do soldado e a Associação de Policiais da Bahia contrataram uma equipe de peritos para analisar a trajetória e a distância dos disparos, além das marcas de bala. O laudo será comparado com a perícia oficial, que ainda não foi apresentada.

Últimas