JR na TV Funcionário do Consulado de Moçambique em BH é suspeito de comandar facção criminosa

Funcionário do Consulado de Moçambique em BH é suspeito de comandar facção criminosa

O batalhão de elite da Polícia Militar de São Paulo trabalha para prender um homem suspeito de comandar uma das maiores facções criminosas do Brasil. Marcos Roberto de Almeida é um dos aliados de confiança de Marcos Camacho, conhecido como “Marcola”. Ele está foragido e, para surpresa dos investigadores, o homem tinha um cargo no Consulado de Moçambique, em Belo Horizonte.

Últimas