Golpista se passa por funcionário de banco e rouba R$ 12 mil de idosa 

A polícia pede atenção aos idosos após quadrilhas focarem golpes financeiros em pessoas da terceira idade. Com o intuito de clonar cartões de crédito, criminosos se passam por funcionários de agências bancárias e vão até a residência das vítimas para retirar o cartão que “teria sido clonado”. Sem entender o que, de fato, se passa, idosos acatam aos pedidos dos ladrões e só descobrem o tamanho do prejuízo no dia seguinte. Uma idosa foi vítima do crime e perdeu R$ 12 mil.