Governador do Pará é alvo de operação da PF contra fraudes na compra de equipamentos para tratamento da covid-19

Os policiais federais fizeram buscas pela manhã no Palácio dos Despachos, a sede do governo do Pará, e também nas Secretarías de Saúde, Fazenda e na Casa Civíl. Mandados também foram cumpridos nas casas do governador Hélder Barbalho e Peter Cassol, secretário adjunto de Gestão Administrativa. A Policia Federal vai investigar supostas irregularidades na contratação da empresa que forneceu respiradores mecânicos para tratamento de doentes graves de covid-19. O STJ mandou bloquear R$ 25 milhões de Hélder Barbalho e de outros 7 investigados. 

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.