JR na TV Governo do Amazonas é suspeito de superfaturar compra de respiradores

Governo do Amazonas é suspeito de superfaturar compra de respiradores

A pandemia no Amazonas veio acompanhada de denúncias sobre o mau uso do dinheiro público. O Ministério Público de Contas do estado quer saber por que a Secretaria de Saúde pagou R$ 2,7 milhões, o dobro do valor de mercado, por 28 respiradores pulmonares. Os equipamentos foram vendidos por uma empresa que funciona como loja de vinhos, e não seriam indicados para a ventilação de pacientes em UTI. O Sindicato dos Médicos entrou com um pedido de impeachment do governador Wilson Lima e do vice Carlos Almeida. Uma pesquisa revela que 7 a cada 10 amazonenses são a favor da cassação do mandato do governador.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.

Últimas