JR na TV Governo federal é criticado por se omitir de caso de missionários brasileiros deportados de Angola

Governo federal é criticado por se omitir de caso de missionários brasileiros deportados de Angola

Para especialistas em direito internacional governo brasileiro teve falhas graves na condução do caso

Uma das principais funções de um Ministério das Relações Exteriores é proteger o cidadão de um determinado país quando ele corre risco em outro. No caso dos missionários brasileiros perseguidos e deportados pelo governo angolano, o Itamaraty falhou nessa missão. Os religiosos ficaram um dia inteiro no aeroporto, sem comunicação e sem alimentação. Foram expulsos de maneira arbitrária, em completo desrespeito aos direitos humanos e a tratados internacionais, e tudo o que a diplomacia brasileira fez, parece ter sido "acompanhar a situação". Para especialistas do direito internacional, foram falhas graves na condução do caso pelo governo brasileiro.

Últimas