JR na TV Governo se preocupa com possibilidade de estados não reservarem doses da vacina para 2ª aplicação

Governo se preocupa com possibilidade de estados não reservarem doses da vacina para 2ª aplicação

A vacina precisa ser aplicada em duas doses para garantir a eficácia divulgada pelo Instituto Butantã

A Anvisa autorizou nessa sexta-feira (22) o uso emergencial de mais 4 milhões e 800 mil doses da CoronaVac. A vacina precisa ser aplicada em duas doses para garantir a eficácia divulgada pelo Instituto Butantã. A segunda dose precisa ser aplicada até 28 dias depois da primeira. Porém, para o país imunizar todo o grupo prioritário com as duas doses, ainda precisa receber cerca de 20 milhões delas o quanto antes. E ainda há o temor de que os estados não estejam reservando doses para a segunda aplicação.

Últimas