Grandes indústrias se unem para consertar respiradores de UTIs de hospitais do Brasil

Muitos respiradores artificiais, essenciais para o tratamento da covid-19, estavam quebrados e fora de uso em hospitais públicos e particulares de 13 estados. Dez grandes indústrias estão consertando esses aparelhos de graça. Cada respirador será usado, em média, por 10 doentes em estado grave. Serão pelo menos 50 mil pessoas que terão uma chance muito maior de cura.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.