JR na TV Grupo que persegue religiosos brasileiros em Angola é suspeito de crimes financeiros

Grupo que persegue religiosos brasileiros em Angola é suspeito de crimes financeiros

O grupo criminoso responsável pelas invasões a templos e casas da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola é suspeito de ter cometido graves crimes financeiros e de fraudar documentos. Líderes do movimento criminoso tentaram dar um golpe financeiro na instituição brasileira. Os documentos comprovam a real motivação do grupo dissidente angolano, que agiria com o respaldo de algumas autoridades africanas.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.

Últimas